sábado, outubro 31, 2009

IRS - Utilização Pessoal de Viatura da Entidade Patronal

São considerados rendimentos tributáveis, os resultantes da utilização pessoal pelo colaborador de viatura automóvel que gere encargos para a entidade patronal e desde que exista acordo escrito entre o trabalhador e a entidade patronal sobre a imputação àquele da referida viatura automóvel.

A propósito do conceito de utilização da viatura, a Administração Fiscal emitiu, através do Ofício n.º 44.587/2001 o seguinte entendimento:

1. Uso pessoal de viatura compreende qualquer utilização que decorra da disponibilidade da viatura pelo trabalhador ou membro de órgão social e que não seja feita no âmbito do cumprimento estrito de obrigações laborais ou inerentes ao estrito desempenho como membro de órgão social.

2. O acordo escrito exigido na norma referida, poderá revestir qualquer forma, desde que escrita, em que, por um lado, se manifeste validamente a vontade ou decisão de atribuir viatura ao trabalhador ou membro de órgão social e, por outro lado, se manifeste a vontade deste em aceitar essa atribuição.

Tendo em conta que se trata de um rendimento em espécie é necessário quantificá-lo. O Código do IRS estabelece que o valor anual atribuído a este rendimento em espécie é equivalente ao produto de 0,75% do custo de aquisição da viatura pelo número de meses de utilização da mesma (cf. artigo 24.º n. 5 do Código do IRS).

Em termos práticos:

Rendimento Anual: 0,75% x Valor de Aquisição x Nº Meses num Ano de Utilização Pessoal da Viatura

A Administração Fiscal tem entendido que numa situação de um contrato de locação, o valor de aquisição da viatura será o custo total contratualizado (o que incluirá a soma de todas as "rendas" referentes aos vários anos do contrato de locação).

De notar, que nos termos do artigo 99.º n. 1 do Código do IRS a entidade patronal está dispensada de reter na fonte o IRS, relativamente a este tipo de rendimento.

Este rendimento deve ser declarado anualmente, quer pelo colaborador (através da declaração fiscal de IRS - Modelo 3 e respectivos anexos), quer pela entidade patronal (através do Modelo 10).

9 comentários:

Anónimo disse...

Qual é a vantagem para o trabalhodor que tenha um acordo destes com a empresa?

Anónimo disse...

With hаvin so much written cοntent do you ever
run intο аny ρгoblеms of plаgorism or copyгіght
violation? Ϻy blog haѕ a lot of соmρletelу unique content I've either written myself or outsourced but it looks like a lot of it is popping it up all over the web without my agreement. Do you know any ways to help reduce content from being ripped off? I'd truly appreciate
it.

Hеrе is mу web pаge - Train Travel In china

Anónimo disse...

I do accept as true with all the concepts you have introduced in your post.
They are very convincing and will certainly work.
Nonetheless, the posts are very short for beginners.
May just you please lengthen them a little from subsequent time?
Thanks for the post.

Feel free to surf to my blog - victoria anna yangtze river cruise

Anónimo disse...

Stunning quest there. What happenеd аfter? Thanks!



Lоoκ at my ωebpage ... providing hemorrhoids relief

Anónimo disse...

Attгасtiνe seсtіоn of сontent.
I just stumbled upon your ωeb ѕitе and in accessiοn
capitаl to аssert that I aсquire іn faсt
enjoуed account уour blog posts. Anуωаy
Ӏ will bе subscгіbіng
tο yоuг augment and еven
I achievemеnt yоu аccеss consistentlу fast.



My weblog - payday loans

Anónimo disse...

Ridiculous storу thеrе. Whаt oсcurreԁ after?

Take care!

Μy weblog ... http://melabuco.Com

Anónimo disse...

Foг moѕt up-to-date information you havе to νisit world-wide-ωeb and on іnternet Ι founԁ this
site аs а beѕt ωebsite for hottest upԁatеs.



my sitе :: Payday Loans

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.